sexta-feira, 27 de julho de 2007

DESENHANDO ÍNDIOS

NÃO SEI EXPLICAR O FASCÍNIO QUE TENHO PELOS POVOS INDÍGENAS!
ACHO QUE É PELA SUA LUTA EM PRESERVAR, NÃO SÓ A SUA ESPÉCIE, MAS, A SUA CULTURA E A SUA ARTE, COM AS FIGURAS GEOMÉTRICAS TRANÇADAS EM BALAIOS OU RISCADAS EM SEUS CORPOS COM SUAS CORES EMPRESTADAS DA NATUREZA DE FORMA QUE ELA NÃO VÁ SE ESGOTAR NUNCA... HOMEM E NATUREZA EM HARMONIA PERMANENTE.
ELES SABEM QUE, SÃO PARTE DA NATUREZA E NÃO A OLHAM DE FORA, COMO ALGO QUE PRECISAMOS SALVAR A TODO CUSTO.
(E DEPOIS NÓS É QUE SOMOS CIVILIZADOS! VAI ENTENDER?)

ESSE DESENHO FOI O PRIMEIRO DE UMA SÉRIE DE 5 QUE FIZ COM O TEMA "ÍNDIOS" ELE É FEITO COM LÁPIS DE COR SOBRE PAPEL SULFITE, COMO OS OUTROS QUATRO. MAS POR ESTE GUARDO UM CARINHO ESPECIAL.
FIZ OBSERVANDO UMA FOTO (QUE INFELIZMENTE NÃO LEMBRO O NOME DO FOTÓGRAFO, PARA LHE DAR OS DEVIDOS CRÉDITOS), A ÍNDIA AMAMENTANDO O PEQUENO CURUMIM E OS DOIS COM O OLHAR EXPRESSIVO. ISSO ME TOCOU.
QUANDO VI A FOTO QUIZ NA MESMA HORA DESENHÁ-LA. MAS NÃO QUERIA SÓ O DESENHO, QUERIA CAPTURAR O OLHAR DOS DOIS. E ACHO QUE CHEGUEI BEM PERTO DISSO.
ALÉM DE TER O DESAFIO DE COLORIR COM LÁPIS DE COR, COISA QUE AINDA NÃO TINHA CHEGADO A UM RESULTADO SATISFATÓRIO.

E COMO EU SEMPRE DIGO, DESENHO É TREINO, QUANTO MAIS A GENTE DESENHA... MAIS A GENTE APRENDE... E AINDA BEM QUE TÔ APRENDENDO CADA VEZ MAIS.

SALVE OS POVOS INDÍGENAS
SALVE SUA SUA CULTURA E SUA ARTE!

5 comentários:

Jamila disse...

não sabia que você gostava dos povos indígenas...

te conhecendo mais agora...
hummmm

beijão!

DIOGO BORGES disse...

Cara!Esse quadro me lembra tanta coisa... Ele ainda tá na sua casa?Nossa...É um pequeno recorte da minha infância e juventude!Salve esse talento!

Anônimo disse...

Sou professora de história do 4º e 5º ano do ensino fundamental. Admiro quem tem este talento e amo falar da história indígena. Parabéns pelo seu trabalho!

ANIMAÇÕES disse...

Uma pena eu não poder te agradecer em um blog ou em seu email..
ms em todo caso.. muito obrigado

Edilene disse...

Muito lindo e gostei de saber dessa sua simpatia pelos indígenas. Estou perto deles. MS-Pantanal, seria legal uma oficina aqui, não?
ABRAÇO